Como escolher um Relógio Suíço

Posted on Posted in Compras, Presentes da Suíça

Os relógios Suíços são referência no mercado de luxo e podem ser classificados como jóia preciosa dependendo do modelo. Portanto, não cabem em qualquer bolso, tendo preços que chegam a assustar a maioria dos consumidores.

No momento de se decidir por um relógio, muitos podem achar difícil em vista de tantas marcas, modelos, cores, tamanhos, especificações e preços. Portanto o Swiss 360° preparou este guia imperdível com tudo que você precisa saber para escolher seu relógio suíço:

Movimento: Os relógios de movimento eletrônico podem ser digitais ou analógicos (de ponteiro), conhecidos como movimento de ‘quartzo’ são mais acessíveis e funcionam com bateria. Os relógios mecânicos possuem movimento automático (ou manual de corda) são os mais apreciados por colecionadores e entusiastas e têm valores mais elevados.

Você sabia? Um cronômetro é um relógio com movimento certificado pelo COSC (Official Swiss Chronometer Testing Institute), tendo passado por testes de 14 a 20 dias dependendo do modelo,  submetido a medições de precisão em diferentes posições e temperaturas.

Tamanho: busque um tamanho que se encaixe bem no pulso, não adianta ter o pulso super fino e buscar um relógio de caixa 50mm de diâmetro. O contrário também vale, caso tenha pulso grosso, busque um tamanho maior.

Cor e estilo: cor e textura dependem muito do estilo e do gosto de cada um. No geral, recomendamos evitar modismos e procurar algo que seja elegante por muitos anos, independente do estilo. Discutivelmente, os relógios no estilo ‘dress’ (mais limpos, sem cronógrafos), geralmente tem maior facilidade para comercialização no mercado de segunda mão. Contrariamente, os super luxuosos têm valores elevados justamente devido a complexidade de construção.

Pulseiras: pulseiras de metal no estilo bracelete são mais resistentes, a prova d’água e valiosas. As de couro são nobres e refinadas, mas demandam mais cuidado. Existem combinações de pulseiras em couro com fecho de metal similar aos braceletes, substituindo o tradicional estilo ‘cinto’. Existem ainda opções de tecido ou material sintético, como silicone e fibras de nylon. Dica: opte por um relógio que acomode diferentes tipos de pulseira, possibilitando a troca de estilo mantendo o relógio.

Foto: Pixabay

As partes de um relógio:

Caixa: Parte externa que abriga a estrutura mecânica (ou eletrônica) do relógio. Geralmente de metal, pode ser também de plástico ou outros materiais.

Coroa: Botão que permite o ajuste das indicações de tempo, bem como pode servir para dar a corda em relógios mecânicos.

Cristal: Proteção transparente que cobre o mostrador. Geralmente de acrílico ou vidro mineral nos modelos mais básicos, é feito de cristal de safira nos mais luxuosos, oferecendo resistência contra riscos.

Mostrador: É a parte da frente do relógio, onde se vê as horas. Principal diferencial do desenho de um relógio, que pode contar com ‘complicações’*

Bisel: Anel localizado em torno do mostrador do relógio e serve para proteger o Cristal. Alguns se referem a ele como moldura ou catraca. Alguns podem contar com função adicional móvel, ajudando a marcar tempo ou indicar um fuso-horário.

Encaixes: Parte do relógio que liga a caixa à pulseira. Podem ser chamados de ganchos, ou asas fixadoras.

Pulseira: É a parte que prende o relógio de pulso no braço do usuário. Pode ser de couro, metal, fibras sintéticas como nylon e borracha.

Movimento: É a parte interna do relógio, também conhecida como calibre, é o ‘motor’ que faz todas as partes se moverem.

Complicação: Informações adicionais, além de horas, minutos e segundos, como por exemplo: calendário, fases da lua, horário paralelo dentre outros.

Imagem: WatchTime Brasil

 

Marcas famosas 

E caras! (veja aqui outro post com opções para mortais). Listamos abaixo algumas das principais e mais renomadas marcas de relógios Suíços e selecionamos alguns modelos que são referência no mercado em termos de design:

Patek Philippe:

Marca independente Suíça, que se destaca por fabricar relógios automáticos com mecanismos complexos desde 1839. Além de ser uma das mais tradicionais e renomadas, leva fama de ser a mais prestigiada internacionalmente, produzindo modelos exclusivos usados por chefes de estado, donos de empresas e figuras de destaque no mundo do entretenimento.

Fábrica: Valée de Joux, na parte Francesa da Suíça.

O modelo abaixo é nomeado como parte da coleção ‘grandes complicações’ (devido a complexidade de seu mecanismo), modelo 5208P com calendário perpétuo.

 

Foto: Patek Philippe

Audemars Piguet:

Marca tradicional com fundação em 1875, promove com o orgulho o fato de ser uma das únicas marcas relojoeiras de alto padrão na Suíça que ainda é controlada por membros da família, desde a sua fundação. Sua abordagem foge do tradicional apelo esportivo e foca na arte como base para o diferencial da marca.

Fábrica: Valée de Joux, na parte Francesa da Suíça.

O modelo abaixo é um ‘Royal Oak’, modelo de 1972 que permanece um clássico atual.

Foto: Audemars Piguet

Ulysse Nardin:

Marca independente, fundada em 1846 numa região da Suíça tradicionalmente conhecida pela produção de relógios. Possui mais de 4 mil prêmios de reconhecimento internacional pelos desenvolvimentos tecnológicos impressionantes que pesquisou ao longo dos anos.

Fábrica: Le Locle, na parte francesa-central da Suíça.

O modelo abaixo é da linha dual time.

 

 

Foto: Ulysse Nardin

Rolex:

Ícone e referência na fabricação de relógios automáticos desde 1905, com reputação indiscutível, uma das marcas mais famosas e reconhecidas do mundo e a quarta marca mais valiosa da Suíça.

Fábrica: Genebra

Possui diversos modelos e tamanhos, identificados pelo número de milímetros relativo ao diâmetro da caixa. A marca Tudor pertence ao grupo Rolex e oferece modelos com preços mais acessíveis.

Como exemplo, a Rolex, conta com modelos esportivos como o Sea-Dweller para mergulho, o famoso DateJust abaixo ou ainda modelos mais clássicos no padrão ‘dress’ para ocasiões mais refinadas, como o Cellini:

Foto: Rolex

Omega:

Tradicional fabricante de relógios automáticos, internacionalmente reconhecida e concorrente direta da Rolex no mercado de luxo. Marca associada ao famoso detetive James Bond, dos filmes ‘007’ desde 1995 com o filme ‘Golden Eye’.

A marca Omega pertence ao grupo Swatch Group, que possui ainda as seguintes marcas: Breguet, BlancpainLongines, RadoTissot, Certina, Mido, Hamilton, Calvin Klein dentre outras.

Fábrica: Bienne

Conta com modelos como o Seamaster (abaixo, usado pelo 007), Speedmaster e ainda tradicionais como o DeVille:

Foto: Omega

IWC:

Uma das únicas marcas com fábrica localizada ao norte da Suíça e às margens do rio Reno, a IWC foi fundada em 1868 por um imigrante americano que combinava técnicas diferenciadas ao nível de qualidade da produção Suíça para obter prestígio internacional.

A marca IWC pertence ao grupo Richemont, que possui ainda as seguintes marcas: Vacheron Constantin, Baume & Mercier, Jaeger-LeCoultrePiaget dentre outras.

Fábrica: Schaffhausen

Alguns modelos famosos da IWC são o Portugieser, Portofino (abaixo) e o Ingenieur:

Foto: IWC

 

Breitling:

Fundada em 1884, a Breitling tem como foco a indústria aeronáutica e os pilotos de avião, o que fica claro até pelo seu logo que conta com asas. A proposta da marca é oferecer relógios com cronógrafo e funções adicionais, com qualidade primorosa em um formato sólido para uso intenso em condições adversas (como altitude e frio).

Fábrica: Grenchen

O modelo mais famoso é o Navitimer (abaixo), mas existem outros com designs diversos como o Chronoliner e o mais tradicional Transocean.

 

Foto: Breitling

Tag Heuer:

Marca famosa dentre os amantes de automobilismo e Fórmula 1, fundada em 1860 e ultimamente focada em anúncios esportivos, com o tema ‘Don’t crack under pressure’. A opção mais ’em conta’ dessa lista de objetos do desejo, que mesmo assim não sai por menos de 1200 CHF.

Conta com famosos do mundo do esporte, moda e outros representando a marca, como por exemplo: Cristiano Ronaldo, Tom Brady (NFL), Cara Delevingne (top model) e David Guetta (DJ).

A Tag Heuer é parte do grupo francês LVMH (Moët Hennessy Louis Vuitton), que possui ainda as seguintes marcas: Zenith e Hublot dentre outras.

Fábrica: La Chaux-de-Fonds

Alguns modelos famosos da marca como o Carrera (abaixo), Link e o Fórmula 1:

Foto: Tag Heuer

 

 

Esperamos que tenha gostado! Caso você seja um afortunado que tem condições financeiras de adquirir um dos modelos acima, parabéns. Caso contrário, confira aqui outras opções interessantes que podem caber no seu bolso.

.

.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *