Os trens panorâmicos imperdíveis da Suíça

Posted on Posted in Cidades & Entretenimento, Natureza & Montanhas

Os trens panorâmicos suíços possuem renome internacional! Todo mundo já ouviu falar da pontualidade dos trens, da qualidade do serviço e claro, das belas paisagens.

As rotas listadas abaixo são puramente turísticas, a fim de mostrar os cenários mais bonitos do país. Portanto se seu objetivo é ir de uma cidade a outra da maneira mais rápida e barata, esta não é a solução – é apenas a opção mais bonita!

Estes trens possuem janelas amplas garantindo visão privilegiada da paisagem alpina. Em qualquer estação do ano, primavera, verão, outono ou inverno, você pode desfrutar das rotas cênicas mais bonitas da Suíça.

Foto: MySwitzerland.com

Venha conhecer a Suíça de trem!

Os trens são confortáveis, possuem banheiros, vagão para restaurante/café e oferecem uma experiência muito relaxante. Também para os dias de inverno rigoroso, é uma boa opção de ver diferentes paisagens sem passar frio 😉

Bernina Express

Como reservar e como comprar os tickets para os trens panorâmicos da Suíça?

Importante: É necessário fazer reserva antecipada. Consulte o site oficial de cada rota para comprar seu ticket com antecedência e reservar seu assento.

Também no site oficial dos transportes da Suíça (www.sbb.ch) é possível ver mais informações sobre as rotas e comprar ofertas combinadas de trem e hotel.

Outra alternativa é site www.raileurope.com

Veja então abaixo as melhores rotas de trem panorâmico da Suíça.

Bernina Express


Rota:  de Chur a Tirano (Itália) ou Lugano 

Duração: Chur–Tirano (Itália) 4h 13 min / Tirano–Lugano 3h 10 min

Swiss Travel Pass: A rota é amplamente coberta pelo Swiss Travel Pass (Flex)

Website: https://www.rhb.ch/en/panoramic-trains/bernina-express

O Bernina Express é uma rota incrível que liga o norte ao sul da Suíça, passando por um mix de paisagens: desde os maravilhosos Alpes e geleiras até lagos rodeados por palmeiras.A linha é operada pela Rhaetian Railway, e o grande destaque dp caminho é o Viaduto Landwasser, uma estrutura de 65 metros de altura considerada Patrimônio Mundial da UNESCO.

Outras atrações do trajeto são a geleira Morteratscha, o viaduto circular de Brusio, a curva de Montebello com vista para o maciço de Bernina e os três lagos Lej Pitschen, Lej Nair e Lago Bianco.

Nos meses de verão, você pode continuar o passeio pegando o ônibus Bernina Express Bus, ao longo do Lago de Como (Itália), e de volta a Lugano, na Suíça.

Foto: rhb.ch

Glacier Express


Rota: de Zermatt a St. Moritz (ou vice-versa)

Duração: 8h03 min

Swiss Travel Pass: A rota é amplamente coberta pelo Swiss Travel Pass (Flex)

Website: https://www.glacierexpress.ch/en/

Conhecido como “o trem expresso mais lento do mundo”, o Glacier Express passa pela cadeia de montanhas alpinas em um único dia, atravessando quase 100 túneis, 300 pontes e subindo à altitude de mais de 2 mil metros da Passagem de Oberalp.

Dentre os destaques do caminho estão:

  • Matterhorn Glacier Paradise: paraíso da neve, localizado a quase 4’000 metros de altitude
  • Desfiladeiro do Reno: nada menos que o “Grand Canyon” da Suíça
  • Lago Sils : um lago de montanha lindíssimo, situado a  1.800 metros acima do nível do mar
Foto: MySwitzerland.com

Golden Pass Line


Rota: Lucerna–Interlaken–Zweisimmen–Montreux ou vice-versa

Duração: 5h08 min

Swiss Travel Pass: A rota é amplamente coberta pelo Swiss Travel Pass (Flex)

Website:http://www.goldenpass.ch/en

Passando pelo coração dos Alpes suíços, você tem a chance de apreciar uma das paisagens mais magníficas do país. O Golden Pass conecta a Suíça Central com o Lago de Genebra, ligando a histórica cidade de Lucerna à Montreux e passando por altas montanhas, vales verdes e vinícolas.

O Golden Pass opera na rota Lucerna-Montreux, via Interlaken Ost e Zweisimmen. Note que a viagem consiste em três trens diferentes: se quiser fazer a rota completa, você precisará reservar todos os trens.  Há assentos VIP, no começo do trem, proporcionando visão privilegiada.

Foto: MySwitzerland.com

Gotthard Panorama Express


Rota: de Lucerna a Lugano (ou vice versa)

Duração: de Bellinzona a Lucerna, entre 4h 54 min e 5h 10 min. De Lugano a Lucerna, entre 5h 26 min e 5h 36 min.

Swiss Travel Pass: A rota é amplamente coberta pelo Swiss Travel Pass (Flex).

Também conhecida como Willian Tell Express, esta rota combina uma viagem de trem panorâmico e um lindo cruzeiro no Lago Lucerna, passando pelo famoso túnel do Gotardo construído em 1882.

A rota começa em Lucerna, onde viajantes embarcam em um barco a vapor, e vai até Flüelen. Este é um dos cruzeiros mais bonitos da Suíça, em meio a um panorama de montanhas, como um fiorde na Suíça.

.

Dica Swiss 360º: Desça na parada de barco Rütli, para ver o local onde aconteceu o juramento de fundação da Suíça em 1291. Além de poder apreciar esta vista maravilhosa do lago Lucerna, conhecido em alemão como Vierwaldstättersee – a tradução ao pé da letra seria “lago dos 4 cantões florestais”, fazendo referência a Lucerna, Uri, Schwyz e Unterwalden (que hoje é dividido em Obwalden e Nidwalden).

 

De Flüelen, pega-se o trem Gotthard Express até o cantão italiano de Ticino, passando por Bellinzona e seus 3 castelos que são Patrimônio da Unesco, e seguindo até Lugano.

Voralpen-Express


Rota: de São Galo a Lucerna (ou vice-versa)

Duração: 2 horas e 15 minutos

Swiss Travel Pass: A rota é amplamente coberta pelo Swiss Travel Pass (Flex)

Website: https://www.voralpen-express.ch/en.html?TPL=10094&cHash=2ba619206c6043deae266ab7b597b60c

A rota do Voralpen-Express vai de São Galo a Lucerna e inclui paisagens suíças pitorescas e bucólicas. É um lindo trajeto, passando por St. Gallen, pelo viaduto Sitter de 99 metros de altura e a charmosa cidadezinha de Rapperswil.

Dentre os destaques do caminho estão os pontos abaixo, que você pode parar para conhecer:

  • Biblioteca da Abadia de St. Gallen, Patrimônio Mundial da Unesco
  • Säntis, linda montanha a 2’505 metros de altitude
  • Região de Appenzell, uma das mais charmosas e tradicionais cidazezinhas suíças
  • Castelo de Rapperswil
  • Centro de Lucerna

Trem do chocolate


Rota: Montreux – Gruyères – Maison Cailler (Broc)

Duração: 9 horas

Swiss Travel Pass: Não está incluso.

Website: http://www.goldenpass.ch/en/reservation-procedure-for-the-chocolate-train

O trem do chocolate é, na verdade, um trem temático. Uma viagem que vai até Gruyères – charmosa cidade medieval do cantão Friburgo com menos de 2 mil habitantes. Além do famoso queijo de mesmo nome, a cidade oferece paisagem típica suíça em um mix de natureza, lago, castelo e arquitetura. A rota panorâmica de trem começa com visita a fábrica de queijo Maison du Gruyère, tempo livre para caminhar pelo centro histórico de Gruyères e, em seguida, segue para a lendária Maison Cailler, onde você descobrirá os segredos da criação de chocolate suíço e desfrutará de deliciosa degustação.

O valor do ticket inclui a viagem no trem, as transferências de ônibus e as entradas para as fábricas de queijos e chocolate.

Foto: MySwitzerland.com

PostBus pela passagem alpina de Meiringen


Rota: Meiringen–(Grimsel)–(Nufenen)–(Gotthard)–(Susten)–Meiringen

Duração: 8 horas e 45 minutos

Swiss Travel Pass: A rota é  coberta pelo Swiss Travel Pass (Flex)

Website: https://www.postauto.ch/en/tariffs

Rota do quatro passos:  este trajeto não é feito de trem, e sim de ônibus. Mas também é cênica, portanto decidimos que merecia entrar para a lista. 🙂

O passeio está disponível de junho a outubro.

O que conhecer? Dentre os destaques do caminho estão:

  • Brienzer Rothorn: um trem a vapor dos tempos antigos, acima do Lago Brienz.
  • Museu ao Ar Livre de Ballenberg: edifícios e artesanato antigos.
  • Cachoeira de Reichenbach: Cara a cara com o riacho e a poderosa cachoeira de Reichenbach, de 120 metros de altur.
  • Desfiladeiro Aare:  um desfiladeiro de 200 metros na terra, em um trecho de 1,4 km que podem ser percorridos a pé.
Foto: MySwitzerland.com

E aí, qual você destes trens quer conhecer primeiro?

Foto: MySwitzerland.com

 

4 thoughts on “Os trens panorâmicos imperdíveis da Suíça

  1. Olá tudo bem? Saberia me dizer se algum deles ou todos é possível fazer paradas nas estações? Esse tempo de duração seria com o sem paradas? Estamos indo no inverno (fevereiro).

    1. Oi Nathalia, tudo bem?
      Sim, todos estes trens fazem algumas paradas rápidas para que passageiros possam embarcar/desembarcar. Você não precisa fazer a rota completa, pode escolher ponto de partida e chegada, e dependendo da sua seleção o valor do ticket e o tempo de trajeto serão alterados. No site de cada rota você pode ver exatamente todas estas informações. Boa viagem!

  2. Eu e mais 2 amigas (todas na melhor idade) vamos para Suiça no início de maio/2019 e ficaremos uns 13 dias. O nosso vôo chegará em Zurique. Estamos montando o roteiro fazendo Zurique, Lucerna, Interlaken, Zermatt, Montreux, Genebra, de onde pegaremos um vôo para Londres. Iremos comprar o Swiss Travel Pass e faremos vários bate-voltas dessas cidades. Queremos fazer o passeio em um dos Trens Panorâmicos (Bernina ou Glacier) mas estamos achando complicado como colocar esse passeio no nosso roteiro. Vocês poderiam nos dar uma sugestão? Obrigada e um abraço. Rosa

    1. Oi Rosa, tudo bem?

      Ótimo plano de viagem! A boa notícia é que muitas rotas panorâmicas começam ou passam pelas cidades que vocês já escolheram. Alguns exemplos:

      – A partir de Zermatt vocês podem pegar o Glacier Express até Chur (ou vice e versa)
      – A partir de Montreux podem pegar o Golden Pass até Gstaad (linda vilazinha para passar algumas horas/almoçar) ou o Trem do Chocolate passando por Gruyéres
      – A partir de Lucerna podem pegar o Lucerna-Interlaken Express

      Abraços e excelente viagem a vocês!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *