As vilas e cidadezinhas mais charmosas da Suíça

Posted on Posted in Cidades & Entretenimento

A Suíça é repleta de vilas alpinas e cidades pequenininhas muito charmosas. Hoje listamos as cidades mais charmosas para conhecer no país e já adiantamos que vai ser difícil escolher 😉

Montreux 


Fonte: MySwitzerland.com

Com 27 mil habitantes, localizada no cantão Vaud, na parte sudoeste do pais às margens do Lago Léman (na outra ponta do lago Leman de 73 Km de extensão), a cidade possui uma incrível vista para os Alpes. Uma das principais atrações é o Castelo de Chillon, mas a principal fama da cidade vem dos festivais de música no verão. Seus vinhedos são Patrimônio da UNESCO e valem uma visita. Pode ser considerada uma cidade satélite de Lausanne, pois fica a 30Km de distancia.

Site oficial: http://montreuxriviera.com/en/

Gstaad


Gstaad é realmente uma das vilazinhas mais charmosas da Suíça. Localizada no cantão Berna, é muito conhecida como uma estância de inverno oferecendo opções de diversão para toda a família. O estilo arquitetônico dos chalés é típico da região de Gstaad, conferindo charme tradicional e único. Desde a década de 1950 regulamentos de construção rigorosos foram estabelecidos para garantir que o caráter típico da região fosse mantido. 

Site oficial: http://www.gstaad.ch/

Sion 


Fonte: MySwitzerland.com

Fica no cantão Valais, na parte centro-sul do pais e tem 34 mil habitantes. A particularidade fica por conta de ser a cidade mais antiga da Suíça, bem como (supostamente) a mais ensolarada. É a capital do seu cantão Valais, foi construída no meio de um vale com duas colinas próximas, onde estão os castelos Château de Tourbillon e o Château de Valère, e tornam Sion reconhecível mesmo de longe. Os  castelos são abertos ao público.

Site oficial: http://www.sion.ch/particuliers.xhtml

Bellinzona 


Fonte: MySwitzerland.com

Fica na parte sul do país, no cantão Ticino e tem 18 mil habitantes. Representa a parte histórica da Suíça italiana com três castelos (Castelgrande, Castello di Montebello e Castello di Sasso Corbaro - Patrimônios da UNESCO), pois servia de porta para o norte, para os que se aventurassem cruzar os alpes. A cidade fica estrategicamente posicionada na principal rota norte-sul da Suíça (Alemanha-Itália), alimentada por 3 estradas sinuosas que cruzam os alpes, conhecidas como passos alpinos: São Gotardo (que também tem túnel), São Bernardino, e Lucomagno (ou Lukmanier). Uma ótima para hospedagem, já que o cantão Ticino oferece transporte gratuito a viajantes que se hospedam em hotéis da região. Fácil acesso a Locarno e Ascona de trem.

Site oficial:  http://www.bellinzonaturismo.ch/

Ascona/Locarno


Fonte: MySwitzerland.com

Ficam no cantão Ticino, Suíça Italiana, na parte sul do país e tem 5500 habitantes. Ascona é vizinha de Locarno e as duas mais parecem uma Riviera da costa italiana, fugindo do paradigma de alguns turistas que imaginam as cidades suíças com muita neve, são um verdadeiro paraíso de verão suíço e tem temperaturas médias de 22 graus, com mínima de 4, ou seja, quase não neva. A oferta de barcos e esportes aquáticos é diversa e a orla junto ao lago Maggiore é famosa e bem frequentadas por iates de luxo. Um dos passeios mais procurados para quem visita a região é o Vale Verzasca na cidade de Lavertezzo. A cereja no bolo fica por conta da montanha Cardada, com visual fantástico e o santuário religioso Madonna del Sasso.  

Site oficial: http://www.ascona-locarno.com/en/

Gruyères 


Fonte: MySwitzerland.com

Fica no cantão Friburgo, na Suíça central, tem 2200 habitantes. Famosa pela produção do queijo de mesmo nome, internacionalmente famoso, possui geografia elevada e um castelo no topo, características de uma típica cidade medieval. Muito charme atrai muitos turistas, que se deliciam nos cafés da região com o fondue, ou com o igualmente famoso ‘creme gruyere’, um tipo de creme de leite servido com suspiros e morango. Uma delícia!

Site oficial: https://www.la-gruyere.ch/en/

Rapperswil 


Fonte: MySwitzerland.com

Fica no cantão de São Galo, tem 27 mil habitantes. Essa cidade fica na outra ponta do lago Zurique, que tem 40 Km de comprimento, sendo possível fazer o trajeto Zurique-Rapperswil de barco. O charmoso castelo do século XIII marca o visual em meio aos vinhedos. A parte mais turística e movimentada fica no calçadão em frente ao lago, com o píer e diversos bares e restaurantes muito charmosos.

Site oficial: www.rapperswil-jona.ch/

St. Moritz 


Fonte: MySwitzerland.com

Tem 5'000 habitantes e fica no cantão de Grisões (em alemão, Graubünden) na parte leste da Suíça, no Vale Engadin a 1856 metros de altitude. Cidade reconhecida por ser um destino luxuoso de inverno, oferece pistas de esqui para todos os níveis, bem como diversas outras atrações e opções de esportes de inverno. Seu lago fica completamente congelado e permite a realização de um evento chamado White Turf, que é uma corrida de cavalos no gelo, sobre o lago. No verão os lagos St. Moritz, Silvaplana e Sils oferecem diversão aos que buscam esportes aquáticos. Independente da estação do ano, a cidade atrai turistas que buscam suas águas medicinais, tradição que vem de milênios.

Site oficial: http://www.stmoritz.com/br/

Zermatt


Fonte: MySwitzerland.com

Fica no cantão Valais na divisa entre Suíça e Itália, com 5700 habitantes. Quem já comeu um chocolate Toblerone sabe o que impera nesta cidade, eh o monte Matterhorn, a montanha mais famosa da Suíça e uma das mais famosas do mundo. É um charmoso vilarejo que oferece opções quase que ilimitadas para esqui e snowboard, pois é possível estender a viagem para a vila de Cervinia (com os esquis nos pés!) e esquiar também na parte italiana. No verão, existem mais de 400 km de trilhas bem sinalizadas e lindíssimas paisagens alpinas, com neve o ano todo. O interessante em Zermatt é a altíssima qualidade do ar, que melhorou ainda mais depois de 1947 quando automóveis foram proibidos nas imediações. Zermatt é ainda famosa por oferecer em média 300 dias de sol por ano, já que sua altitude a posiciona acima das nuvens.

Site oficial: http://www.zermatt.ch/en

Interlaken 


Fonte: MySwitzerland.com

Localizada na parte central da Suíça, fica no cantão de Berna e tem 5600 habitantes. Fica relativamente próxima de Lauterbrunnen e Grindelwald e entre dois lagos maravilhosos, o Thun e o Brienz de águas esverdeadas. Além dos lagos, as montanhas Eiger (4000 metros), Mönch (4100 metros) e Jungfrau (4.158 metros) constituem opções de entretenimento garantido. Cavernas como a de St. Beatus fazem parte do roteiro e podem ser visitadas com crianças. Muito visitada por turistas de todo o mundo, não é difícil avistar asiáticos ou turistas originados no oriente médio, não seria por menos devido a proximidade das vilas de Lauterbrunnen e Grindelwald, muito famosas por sua característica suíça com paisagens estonteantes de natureza e montanhas.

Site oficial: http://www.interlaken.ch/en

Appenzell 


Fonte: MySwitzerland.com

Localizada na parte nordeste da Suíça, tem cantão de mesmo nome e cerca de 5800 habitantes. A paisagem de Appenzell é singularmente bonita, sendo composta por colinas. A região é conhecida por costumes e tradições rurais, como a descida cerimonial do gado no outono e eventos culturais como música folclórica.

Site oficial: www.appenzellerland.ch/en

Weggis 


Fonte: MySwitzerland.com

Situada no cantão Lucerna, a pequenina vila de Weggis é um importante resort de férias da região. Fica a uma altitude de 435 metros à beira do lago de Lucerna e ao pé do Monte Rigi (com teleférico para subida na montanha). Weggis é como um oásis de relaxamento e sossego e suas cidades vizinhas também compõem um lindo panorama de montanha e lago. Essa região é, inclusive, frequentemente denominada "Riviera" da Suíça central e o início da rota romântica, uma estrada tortuosa às beiras do lago 'Lucerna' que vai até a vila de Brunnen.

Site oficial: www.weggis.ch/

Veja abaixo no mapa sua localização de interesse:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *